Secretaria da Educação do Estado ofertará mais de 2 mil vagas para formação de professores em 2019

A Secretaria da Educação do Estado ofertará 2.872 vagas para a formação de professores da rede estadual em instituições de Ensino Superior, em 2019. A iniciativa faz parte do Sistema Universidade Aberta do Brasil (UAB), gerenciados pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES), que desenvolve cursos de nível superior e de pós-graduação por meio da modalidade de Educação a Distância (EAD). Ao todo serão cursos distribuídos em 20 polos, ofertados por 10 instituições de Ensino Superior. As inscrições estão previstas para iniciarem em fevereiro nos sites das instituições com cursos de especialização, bacharelado, licenciatura, tecnólogo, em áreas de Cultura, Ciência, Tecnologia, Ciências Naturais e Linguagens.

 encontro-de-formacao4

O subsecretário da Educação do Estado, Nildon Pitombo, explicou que houve um alinhamento com as instituições ofertantes para que os cursos estivessem vinculados às demandas do novo perfil de oferta da rede estadual de ensino. “Nós privilegiamos especializações e graduações na área da Cultura em sintonia com ações da Secretaria da Educação, como o projeto Escolas Culturais. Trazemos a novidade de cursos específicos das Ciências Naturais, aprofundando diversos tópicos neste campo como prevê o Plano Estadual e Nacional de Educação, com ofertas de Química e Biologia, na Universidade Federal do Vale do São Francisco (UNIFASV)”, destacou. Outros destaques para 2019 serão cursos de Gestão em Saúde, Tecnologias Digitais, Gestão de Escolas do Campo, Direitos Humanos, com foco nos estudos étnico raciais. “Ainda em diálogo com os municípios estaremos ofertando cursos de Administração Pública”, ressaltou o subsecretário.

 

As formações buscam o aperfeiçoamento dos educadores em alinhamento com diretrizes da Secretaria no sentido de fortalecer o eixo pedagógico das escolas. “Fundamentalmente queremos promover a melhoria da atuação dos professores em determinados campos, que são chaves nos Planos Estadual e Nacional de Educação, sobretudo na educação digital, no aperfeiçoamento do ensino de Ciências Naturais, onde temos pouco aprofundamento nas escolas sobre o assunto em todo Brasil e na questão da cultura, com a licenciatura de Música Popular Brasileira e Teatro. Outro ponto é o bacharelado em Biblioteconomia para criarmos um quadro que possa contribuir para a organização das bibliotecas escolares. Nessa parceria tivemos uma boa resposta das instituições, sejam as universidades estaduais e federais, e do Instituto Federal da Bahia (IFBA)”, contou Pitombo.

Estudantes americanos ministram cursos de férias nos CJCC de Salvador e Vitória da Conquista

Os Centros Juvenis de Ciência e Cultura (CJCC) de Salvador e Vitória da Conquista (520 km da capital) receberão a visita de estudantes americanos, que irão ministrar oficinas criativas de Programação com Scratch e de Robótica para estudantes da rede estadual. Além dos estudantes do Instituto de Tecnologia de Massachussetts (MIT), uma das mais conceituadas universidades do mundo, as atividades também contarão com a parceria de alunos da Universidade de São Paulo (USP), do Instituto Federal da Bahia (IFBA) e da Universidade Federal de Uberlândia (UFU).

 

Em Vitória da Conquista, as oficinas serão realizadas de 7 a 11 deste mês,e em Salvador, de 14 a 18 e de 21 a 25 de janeiro. Para Salvador, os estudantes da rede estadual de ensino ainda podem fazer as inscrições para as 60 vagas oferecidas pelo Portal da Educação através do link http://bit.ly/cursodeferiascjcc . Em Vitória da Conquista, as inscrições foram realizadas no mês de dezembro de 2018, também no Portal da Educação.

Estudantes do Centros Juvenis de Ciência e Cultura (CJCC) de Salvador  (1)

As oficinas são verdadeiros laboratórios de ensino personalizado sobre temas de ciência, tecnologia, engenharia e matemática, que vão complementar o currículo do Centro Juvenil, destacando a abordagem prática do MIT à Educação. Os estudantes do MIT vão se dividir em duplas no período de realização de cada curso. As atividades serão ministradas em inglês, mas professores baianos irão fazer a mediação entre os alunos do MIT e os alunos do Centro Juvenil.

 

Os estudantes do MIT foram selecionados pelo Programa MIT Brazil e a parceria com o Centro Juvenil foi firmada após o coordenador dos Centros Juvenis de Ciência e Cultura (CJCC), Iuri Rubim, e a vice-diretora do CJCC de Vitória da Conquista, Elmara Pereira de Souza, terem conquistado o Desafio Aprendizagem Criativa Brasil 2018 e, por conta disso, visitaram no ano passado o MIT Media Lab – Laboratório de Mídias do Instituto de Tecnologia de Massachusetts, na cidade de Cambridge, Massachusetts, Estados Unidos.

 

O CJCC de Barreiras também ministrará, de 7 a 11 de janeiro, a oficina ‘Desvendando o cerrado’. Com carga horária de 15h, as aulas serão realizadas das 8h às 18h. A oficina será ministrada por estudantes de Geografia da Universidade Federal do Oeste da Bahia (UFOB), mediante parceria com o Centro Juvenil.

 

Sobre os Centros Juvenis - O CJCC é uma iniciativa da Secretaria de Educação do Estado para promover a ampliação da jornada escolar e a diversificação do currículo dos estudantes, que participam das oficinas no turno oposto aos quais estão matriculados. Além das cinco unidades em funcionamento em Salvador, Senhor do Bonfim, Itabuna, Barreiras e Vitória da Conquista, já estão em fase de implantação três novas unidades, em Feira de Santana, Jequié e Irecê.